20.2.11

and I wonder why..



#3 LETTER TO YOUR PARENTS

Mãe, às vezes gostava de poder falar de ti como ouço e vejo tanta gente a falar do quanto ama os pais que tem, mas por mais que queira, não consigo. Não sou aquele coração de pedra que tantas vezes acabas por pintar, na verdade, eu agradeço-te e sei todos e os muitos esforços que tu fazes por mim, e ainda que tu aches que eu não faço a mínima ideia, o que só mostra o quanto me conheces, eu não consigo esquecer todas as vezes em que não foste capaz de me defender, todas as vezes em que esse amor conseguiu ser superior àquele que tu sentes por mim. E mais do que isso, nunca irei ultrapassar a desilusão de nunca teres acreditado em mim, de nunca teres visto um único desenho meu mas sempre me rebaixares, não conseguirei apagar todos os dias em que precisei de ti, e tu, mesmo estando perto, não soubeste ajudar-me, e digo-te mais, vou continuar todos os dias da minha vida a mostrar-te que embora não acredites em mim, nem em nenhuma das minhas escolhas, eu vou continuar a conseguir chegar ao fim. E se muitas vezes da minha parte querias ouvir um pedido de desculpas, lembra-te que tantas vezes me trataste mal, e em nenhuma o mencionaste. Da próxima vez que criticares o meu pai, e aquilo que eu faço para estar com ele, lembra-te que durante 17 anos, ele não me ligou nenhuma e nisso, tens toda a razão, mas em 2 conhece-me muito melhor do que tu.

12 comentários:

  1. Fizeste me chorar inês :') identifico me bem com certas coisas que escreveste.
    Por vezes não podemos nao ter a melhor familia, mas é a nossa familia :x whatever. está lindooo **

    ResponderEliminar
  2. Esta carta está triste, pelo menos é o que senti quando a li. Não sei de maneira nenhuma o que é sentir isso por uma mãe, porque felizmente a minha nunca me falhou, e sempre me apoiou, mesmo que eu ás vezes não merecesse tanto. E tenho uma relação fantástica com ela, como toda a gente devia ter, mas sei que ás vezes o facto de termos uma mãe ou um pai que nos apoiem, nos protejam, e nos demonstrem todo o seu amor, não depende exclusivamente de nós.
    No entanto, ela é tua mãe, e pode ser que talvez se aperceba que não agiu ou não está a agir da melhor forma contigo, e mude. Nunca é tarde para que isso aconteça. Quanto à relação com o teu pai, aproveita-a. Há laços que sabem muito bem criar.
    Adoro passar por aqui também inês, és fantástica! *

    ResponderEliminar
  3. Quando li esta carta, juro que fiquei com o coração apertado. Felizmente não sei o que é sentir isso por uma mãe, porque a minha mãe é tudo para mim, é a minha melhor amiga, sem qualquer duvida. Mas por outro lado, tenho um pai muito ausente, um pai de quem nunca recebi um carinho, um beijo, um abraço. Dói, eu sei. Mas também sei que se me acontecesse alguma coisa ele arrepender-se-ia para o resto da vida. Por isso, acredita que mesmo não o demonstrando como deveria, a tua mãe admira-te, ama-te e sem qualquer duvida que és tudo para ela. Força, e coragem sobretudo :)

    Quem adora tudo o que escreves sou eu, juro. Emocionas-me sempre *

    ResponderEliminar
  4. Linda carta que escreveste! :)
    A relação com a minha mãe também não é exemplo para ninguém, talvez por ela ter sido sempre muito ausente, sinto que não me conhece, de todo. Quer dizer, eu sei que se precisar de alguma coisa ela vai estar sempre lá, mas mesmo assim não temos a proximidade que eu gostaria. Não digo que quisesse que a minha mãe fosse minha confidente, nada disso, mas gostava que houvesse mais demonstração de afecto entre nós. Não me lembro da última vez que nós nos abraçamos... Eu sei que a minha mãe me ama, mas ela não é uma pessoa muito afectuosa e talvez eu também não consiga ser afectuosa com ela. Enfim...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Uma carta bonita, mas não deixa de ser triste :/

    ResponderEliminar
  6. Forte! Mas também, eu não duvidava q fosses uma pessoa forte ;) voltei sim, vamos ver por quanto tempo *

    ResponderEliminar
  7. não é a carta que esperava ler quando vi a quem se dirigia, contudo o importante é o desabafo que transparece, força.

    ResponderEliminar
  8. Nem sempre temos a relação que desejamos com os nossos pais, felizmente tenho uma excelente relação com a minha mãe e não decido quase nada sem lhe perguntar, já o meu pai trabalha muito e temo-nos vindo a afastar um pouco nestes anos mas sei que ele me ama acima de tudo.
    A tua mãe também te ama acima de tudo, talvez não o demonstre ou não saiba demonstrar mas eu duvido que ela não tenha um sentimento muito forte por ti. Talvez seja uma coisa de agora e com o tempo mude, estamos sempre a tempo de mudar e de aprender. E tu precisas de ter força, infelizmente não podemos escolher a família, e às vezes temos de engolir uns sapos mas vais ver que com o tempo tudo melhora.
    Força :)
    beijinho *

    ResponderEliminar
  9. Querida, isto está forte. Está demasiado forte, para uma boneca tão cor de rosa como eu te pintava. Eu não te conheço de todo, mas garanto-te que a ti ninguém te deitará a baixo com essa força. Um beijinho enorme do fundo do coração *

    ResponderEliminar
  10. Minha querida tens que ter muita força, e mostrar à tua mãe que consegues o que realmente queres <3

    ResponderEliminar
  11. é horrível quando a nossa própria mãe não acredita em nós, quando deveria ser a que tem toda a fé do mundo em nós, acima de todos...
    ps: veio-me a lágrima ao canto do olho

    ResponderEliminar