16.8.10

deixa-me dizer-te,

« A pessoa certa é aquela que quer mesmo ficar connosco. Tão simples quanto isto. Às vezes demasiado simples para as pessoas perceberem O que transforma um homem vulgar no nosso príncipe encantado é ele querer ser o homem da nossa vida. » Margarida Rebelo Pinto.


Se soubesses o quanto preciso de ti aqui. O quanto me fazes falta e como é difícil aguentar tudo sem ti, vinhas a correr, largavas tudo o que estavas a fazer e descias para mim. Se soubesses há quanto tempo não pego no sono, não lhe toco ao de leve durante a noite, só para não ter de te sonhar longe de mim, já aqui estavas. Mas não estás, não podes vir e dói não estares aqui. Sabes, às vezes não chega não cair naquele ar carrancudo e cansado, pesado de não dormir, dou por mim a sonhar-te, entras e juras que as vens matar, que as sufocas, tiras-lhes o ar durante um beijo, mas chego a mim e as saudades ainda estão bem vivas, não as feriste nem um bocadinho. Hoje era um bom dia para te ligar sem estares à espera, para te lembrar que gosto de certas e pequenas coisas em ti, gosto que te penteies quando sais do banho para te despenteares a seguir, gosto que metas perfume na roupa, mas nunca em ti, gosto que te descalces sempre que entras para ficar, gosto que ponhas a mesa antes sequer de pensares o que vais comer, e gosto mesmo de ver a forma como olhas para o frigorífico depois de o abrires como que se lhe perguntasses o que vais comer. Gosto que te tapes todo para dormir, seja inverno ou verão, mesmo sabendo que durante a noite já não vai haver nada a cobrir-te o corpo, gosto de te ver bloquear e desbloquear o telemóvel vezes sem conta quando não sabes o que dizer ou fazer, gosto que abras o iogurte mas nunca o deites para o lixo com a tampa aberta e sempre achei piada por pendurares as t-shirts em cabides no roupeiro. Gosto de saber que te conheço e hoje é um bom dia para te lembrar isso, hoje como todos os outros, porque são todos bons dias quando queremos dizer o quanto gostamos de alguém. Tenho saudades de te ver, de te ouvir falar e falar, sobre tudo e às vezes não importa o quê porque só preciso de te ouvir, de te abraçar com tanta força até fingires que te estou a sufocar, tenho saudades de te mexer no cabelo e, por vezes de forma tão distraída que acabo por to puxar, de tocar com os dedos nos teus lábios, e mesmo sabendo que tu não gostas, insistir. Tenho saudades tuas, das tuas pequenas manias, das tuas birras, das tuas chatices, dos nossos problemas, de nós, tenho tantas saudades nossas quando não estás aqui. Eu sei que voltas o mais rápido que puderes, mas o mais rápido não é hoje, nem amanhã e eu quero-te tanto aqui.

Deixa-me dizer-te, que não há nada que eu mais queira,
do que tu aqui ao lado.
214, é nosso, sempre nosso.

45 comentários:

  1. nem pra ti, nem pra mim x) sou um bocado receptiva a vidas estáveis e organizadas xD

    ResponderEliminar
  2. Obrigada querida !
    Viver uma mentira é horrível :c

    ResponderEliminar
  3. Eu espero que mates todas essas saudades o mais rápido possivel. :') E eu sei a dor de sentir essas saudades todo.. o sufoco.. Porque eu sinto-as.. a diferença é que ele não está longe de mim, mas agora não se esforça muito por estar perto tambem. Enfim :/
    As maiores felicidades para esse amor que vos une, querida *

    ResponderEliminar
  4. muito bonito :) !
    felicidades ao casal *

    ResponderEliminar
  5. Eu nem por sombras queria deixar de ter estes momentos em que estou com ele, e com o nosso grupo de amigos, porque antes de termos alguma coisa os dois mais séria, nós já tinhamos um grupo de amigos. Mas a partir do momento em que começamos uma relação, também temos de ter momentos só nossos.
    Eu sempre lhe disse que não abdicava do tempo com os meus amigos, por nada, e nunca lhe pediria que fizesse tal coisa. Mas há sempre tempo para momentos só os dois. Com esforço e dedicação arranjava-se.. Agora quando o esforço é só de uma parte, é complicado. E já lhe disse isto diversas vezes, acredita.. daí estar a chegar ao meu limite..
    Muito obrigada pelo comentário.

    ( Sou de Corroios, e tu? )

    ResponderEliminar
  6. É tão bom saber isso Inês, obrigada (:

    ResponderEliminar
  7. As saudades são óptimas para dar-mos ainda mais valor ao que de bom a vida nos dá. Aprendemos a dar importância a momentos que achamos completamente banais, como alguns que descreveste. São banais. Mas... Muito especiais. Caracterizam uma pessoa e o que conheces dela e isso é único! O facto de poderes dizer coisinhas tim tim por tim tim é único. Acho completamente enriquecedor, pois faz-nos ver o quanto estamos agarradas a uma pessoa sem nos fartarmos. Que mates essas saudades muito rápidooo, pois elas não matam mas moiem. «3 Sisi .

    ResponderEliminar
  8. obrigada minha querida, espero que sim. contudo eu sei que ele nunca será presente, pela falta de tempo e interesse que tem para comigo :x

    ResponderEliminar
  9. As saudades ajudam-nos a dar importância, é certo. Mas às vezes custa tanto, sentimos tanto a falta de um abraço. Daqui a uns dias matam-se as saudades e todo este aperto desaparece :p (L) loveyou gegé.

    ResponderEliminar
  10. claro que permito, é um prazer :)
    Vou seguir também *

    ResponderEliminar
  11. eu sei que vou, é uma questão de saber esperar (:
    muito obrigada*
    beijinho

    ResponderEliminar
  12. É isso mesmo. Tal e qual.. Eu já não sei como lhe falar. Talvez isto seja o pior, não ?

    ( Na Escola Secundária Romeu Correia, estava no 12º ano, mas vou ficar lá mais um ano porque deixei uma disciplina em atraso :/ e tu ? )

    ResponderEliminar
  13. a saudade é horrível, sei bem o que sentes.
    ADORO ler-te, sabes tão bem minha inês.
    gosto MUITO de ti (L)

    ResponderEliminar
  14. Um texto lindíssimo cheio de amor, saudade, lágrimas e esperança. Devo dizer que me identifiquei bastante com o que li porque é exactamente como me tenho sentido ultimamente :$
    E concordo contigo por completo: O homem certo é aquele que quer ser o homem da nossa vida (,:
    Um beijinho *

    ResponderEliminar
  15. Olá

    O que pensas da Oriflame? Já experimentaste algum produto?
    Se seguidora e partilha o que pensas :)
    beijinho
    www.orimoda.blogspot.com

    ResponderEliminar
  16. Nunca estás onde és precisa. Tens noção disso? ahahaha brincando contigo :$ beijinho fofo lindo LOL *

    ResponderEliminar
  17. Mais um comentário, menos um comentário não faz mal :P Toma lá mais um! Tens 6kg a pesar-te no corpo? Epá... Se quiseres mesmo dar-me éh só combinar como vai ser feita a troca.

    ResponderEliminar
  18. É sempre complicado lidar com as saudades, e ainda mais dificil que o tempo passe rapido --'

    ResponderEliminar
  19. Nunca e tu igual, as saudades só moem nunca matam e vocês são mais fortes do que isso.

    ResponderEliminar
  20. acho que só quem ama a sério sabe o que são as saudades :/
    um beijinho *

    ResponderEliminar
  21. Obrigada :$ também acho que as vezes é preciso fazer isso por mais dificil que seja!

    ResponderEliminar
  22. é mesmo. A ignorancia provoca-os e torna me superior :)

    ResponderEliminar
  23. Agora é por um ponto final e nao deixar que me lixem mais. sou melhor que eles! beijinho :)

    ResponderEliminar
  24. Ainda bem que gostaste, gostei particularmente da citação que colocaste da Margarida Rebelo Pinto!

    ResponderEliminar
  25. tens imenso jeito, mesmo, adorei (:

    ResponderEliminar